MESA BANZEIRA
  • MESA BANZEIRA

    R$ 72.000,00Preço

    De longe os barqueiros escutam o uivo. É o vento. Sopra forte em prenúncio de alerta. As águas dos rios elevam-se agitadas e formam ondas. Vigoroso, o banzeiro pede passagem. Num balé ritmado o fenômeno natural característico dos rios da região amazônica exibe sua coreografia. A linguagem sinuosa invoca respeito à natureza e guarda lendas cultivadas na oralidade das comunidades indígenas e ribeirinhas. Na crença da tribo tukano a humanidade foi gerada no Lago de Leite, ventre materno de todos os povos. A “Gente Peixe” chegou a bordo da cobra-canoa navegando os rios Negro e Amazonas. Há quem diga que ela - ziguezagueando submersa - é a causa do banzeiro, inspiração da mesa homônima de essência orgânica. A estrutura volteia em linhas intrincadas e transborda movimento. A poesia do ir e vir das águas molda o aço e conforma o porte escultural. Na amarração da corda naval a trama delicada expõe o ritmo contínuo da correnteza e a transparência do tampo de vidro convida a navegar na fluidez do design imerso na cultura ancestral. Lançamento durante a Art Design (Exposição Virtual da Semana de Design de Milão, Itália), dia 15 de junho, na Galeria Paola Colombari. “Nada curumim grita o pescador Vaqueiro do Boi Tupi Tua canoa alagou Foi um banzeiro formado pela cobra grande Eu vi, quem me trouxe pro leito do rio Foi o boto tucuxi” (Bené Siqueira)

    Cor
    • Dimensões:

      300 cm de comprimento x 120 cm de largura x 75 cm de altura